Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




É no Chiado que (re)encontro Lisboa

por A Outra Metade do Mundo, em 25.08.13

 

 

- Mãe, mãe e a Luvaria Ulisses e a Ana Salazar - perguntei soluçando.

- Calma filha, não aconteceu nada, tens que te acalmar - respondia a minha mãe, com uma voz preocupada.

- Diz-me a verdade mãe! A Brasileira, o Souza, a Paris em Lisboa, o Frágil? Aqui no jornal diz que ardeu tudo.

   Não mintas, por favor, eu prefiro saber a verdade. 

 

Regressava de uma semana alucinante em Leninegrado, assim se chamava São Petersburgo em 1988, e sou recebida, na minha sala, pelo director-geral da Ilmarinenn, a seguradora onde estagiava, em Helsínquia.

Inocentemente pensei que quereria assegurar-se que tinha sobrevivido à União Soviética, mas o semblante carregado de Atso, o director-geral, fez-me temer o pior.

 

 

Foi tudo muito rápido. Os dois recortes de jornal que tinha nas mãos, e que guardo até hoje, não deixavam  qualquer dúvida - o centro de Lisboa tinha sido destruído por um incêndio. Uma fotografia mostrava os  Grandes Armazéns do Chiado em chamas.

 

Desde essa viagem, que foi a minha primeira ao estrangeiro e sozinha, é sempre no Chiado que me (re)encontro com Lisboa.

 

Ainda não coloquei o pé fora do avião e já a minha cabeça por lá vagueia.

Procuro as cores, os sons, os cheiros, os sabores e as caras de sempre. Vagueio. Rua acima, rua abaixo. Vejo  as montras. Entro numa loja, noutra e noutra. Procuro aqueles sinais do passado que me aconchegam a alma  e me sussurram que nada mudou. Descubro sempre novos detalhes,  mesmo que já lá estejam há muitos  anos. Só  depois deste ritual sinto que aterrei. 

A ausência pode ser prolongada, mas a sensação é sempre igual. A minha ligação ao Chiado é eterna e  imutável. É no Chiado que estou em casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Passaram por aqui: