Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Voar África": com O Comandante

por A Outra Metade do Mundo, em 28.08.13

«In a gentle way, you can shake the world Mahatma Gandhi

 

 

 

- "Pinókio?! Não sei explicar … mas Pinókio … . Bem sei que Piu, Nikita … mas Pinókio. Não o consigo tratar por esse nome, Rita. Não está com nada!"

 

- "Ainda se fosse Geppetto", ripostou logo a Rita. "Vais ver! Ele é super inteligente".

 

Foi logo depois do primeiro jantar, já em Maputo, que tivemos esta conversa e, a Rita e eu, tomámos logo uma decisão. Para nós seria "O Comandante".

 

Ainda ouvimos umas bocas nos primeiros dias: “Comandante? Ele é o Pinókio! Nós somos todos comandantes! Também lhe chamam Cocuana*, se gostarem mais!”

 

Mas nós já tínhamos decidido e para nós era "O Comandante" e assim foi, e é, e será.

 

O avião do Comandante era muito concorrido. Todos os que não pilotavam queriam voar com ele. Fui esperando, esperando e em Pemba lá chegou a minha vez. A partir daí colei-me como uma lapa, e nunca mais de lá saí.

 

Voei com o Comandante – o nosso call-sign para o piloto Pedro Gaivão, entre Pemba e Maputo. Foram no total 12 pernas, na companhia da Rita, depois da Leonor e na última perna com o Alfredo e a Leonor.

 

Naquele avião tudo era diferente. Começando pelo painel frontal, que parecia ser de madeira exótica, num tom castanho-escuro.

O GPS também devia ser muito bom!

 

O Comandante lá ia seguindo a rota, movendo o ecrã táctil e partilhando tudo connosco - o nome dos rios, das terriolas, das pistas que iam aparecendo, alguma curiosidade sobre a zona, sobre outros voos que por ali tinha feito.

Falou-nos da família, dos tempos em que pilotava helicópteros por aquelas geografias, de como era fácil parar o helicóptero na praia, dar um mergulho e continuar viagem. Era o piloto que mais falava connosco e não só sobre aviação. E nós deliciadas. Pois o Comandante é um gentleman. Se fosse britânico já seria um Sir, de certeza.

 

 

Mas não pensem que falávamos muito dentro do avião. Estávamos ali para voar!

 

E o Comandante gosta muito, muito de voar.

 

Ele eram rapadas, formações arrojadas, mas sempre com muita preocupação para não assustar as populações, descolagens e aterragens para filme e as dicas preciosas para os outros pilotos, fundamentais em todas as situações de emergência que tivemos.

 

O Comandante foi sempre exemplar nas comunicações com as torres de controlo, nos diferentes aeroportos, mas também nos contactos com as populações.

 

O líder da comunidade de Kwai River recebeu-nos quando visitámos a escola. À nossa chegada esticou logo a mão, numa direcção precisa. Ia cumprimentar um de nós, em representação de todo o grupo. Claro está. O eleito só podia ser o nosso Comandante Cocuana.

 

Foi o melhor guia que pudemos ter durante a expedição. O Comandante é um Africano e foi Maningue Nice** voar com ele.

 

* Termo de respeito para com pessoas mais velhas. Do ronga kokwana. Dicionário Porto Editora online

 

** Se não conhece a expressão, recomenda-se viajar para Moçambique ou conviver com Moçambicanos, com alguma urgência

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00


2 comentários

Sem imagem de perfil

De vitor santos a 29.08.2013 às 16:54

Porque estive lá, apesar de querer esquecer o impossível e não recordar,mas, pergunto, foi o Comandante Kokuana que no programa que já passou na T/V falou no Nó Górdio? Andava nos helis? O General Kaulsa esteve presente? Pois eu voava no Dakota (DC3)que nessa altura levou o General. Foi do melhor tempo de vida que passei nas missões que fiz, mas não nesses dias.
Imagem de perfil

De A Outra Metade do Mundo a 29.08.2013 às 17:04

Olá Vitor, penso que sim mas vou confirmar e já volto a contactar. Um abraço, Alexandra

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Passaram por aqui: