Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Voar África": com o Venice

por A Outra Metade do Mundo, em 30.08.13

 

«A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem.» Oscar Niemeyer.

 

 

 

 Já voava com o Venice antes da expedição ter chegado a África. Mas só em sonhos.

 

Durante algumas semanas, na fase da preparação, todos os dias falávamos por telefone e quase sempre mais que uma vez. Os horários não eram os mais recomendáveis. Sete da manhã, meia-noite, uma da manhã. No meio da conversa o Venice lá me ia dizendo - "É pá, já fui e vim a São Vicente e amanhã vou a Paris, logo cedinho, tratem lá disso". Ou - "vou sair de Londres agora e vou dormir a Munique, esta noite, mandem-me as propostas por e-mail". Eu pensava cá para mim, sim, sim eu também fui e vim a Alcântara, e de Volvo de cor amarela, e antes ainda deu para passar no Chiado.

 

E quando dei por mim já estávamos em Maputo, quase prontos para descolar. E foi logo aí que tive a certeza que não ia voar com o Venice.

 

Tínhamos todas as autorizações para partir. Começou a azáfama de preparar os aviões, carregar materiais, andávamos todos a mil e o Venice ainda estava às voltas com os vinis, que colocávamos a cada etapa. Lá fui ver se podia dar uma mão, mas o problema é que a risca azul do avião tinha que ficar alinhada com a terminação do azul do logo porque a estética e … desisti.

 

O Venice é um Artista! E intui que aquilo era mais do que um avião. Seria um camarim ou um palco para aqueles concertos intimistas, só para a comunicação social ou para amigos. O meu lugar não era ali.

 

Afinal sou Benfiquista e por isso represento o povo!

 

Arranjei-lhe logo um refrão:
Eh – sexy lady oh, oh, oh, oh é o Venice a voar com Style (ritmo de Gangnam style. Com coreografia e tudo)

 

Pensei no The Artist que agora é Prince outra vez, e não havia dúvida. O Venice era a Estrela da Companhia.

 

Não! Não, não tou a falar em sapatinho de salto alto e em fatinhos cintados com lantejoulas. O Venice é bushpilot e sabia onde estava.
Estava sempre bem. De botifarras todo o terreno, calçãozinho à maneira, com o seu casaco soviético e o seu chapéu africano.

 

Quando entrava no camarim, o chapéu transformava-se num lenço, ora vermelho, ora preto, com uns floreados, assim amarrado à cabeça tipo Rock Star.

 

Repetir Refrão, por favor:

Eh – sexy lady oh, oh, oh, oh é o Venice a voar com Style (ritmo de Gangnam style. Com coreografia e tudo)

 

O Venice é baterista mas não sei se é disso que ele gosta. Durante a viagem senti-o várias vezes a aquecer a voz:

Oh Nikitaaaaaaaaaaaaaa, oh Misterrrrrrrrrrrrrrrrrr, Ólha ó Statussssssss e nós, nos outros aviões, que não podíamos tirar os headsets lá íamos reduzido o volume.

 

Só mais tarde entendi que era por uma boa causa, pois deu um concerto para o povo.

O reportório é que não foi grande coisa.

 

Ouvi logo, em back vocals, o comentário preferido da minha sobrinha Carolina: “Tia, prá malta da tua geração parece que depois dos anos 80 e 90 a música acabou. Dééé. Actualizem-se”

 

Foi um crime! A paisagem era deslumbrante e requeria uma música Africana que o Venice também ouve.

 

Mas por artes de magia, talvez africana, aconteceu um Déjà vu.

 

Começámos a mandar garrafas e copos para o palco, tudo isto mentalmente, e o Axel, desculpem, o Venice saiu de cena. Uff que sossego.

 

 

O nosso Artista também tinha uma mascote. Mas sobre o Honey Badger não quero dizer muito, pois quando o vi já estava embalsamado e colocado numa vitrina de museu.

 

No Alto Molócuè, o nosso Artista teve finalmente um banho de multidão. Na verdade teve ele e os outros treze, mas isso agora não importa.

 

É que o Venice a falar com as multidões não desilude. Faz-nos sonhar e afinal é o sonho que comanda a vida.

 

Artista esta é para ti:

«A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.» Charlie Chaplin

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:45


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Gabi a 31.08.2013 às 00:47

Xana. Parabéns. E para quando um episódio com a outra malta? Vocês!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.09.2013 às 17:33

.....

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Passaram por aqui: